Este tema está dividido em 4 partes:

Parte 1 – Parte 2Parte 3  – Parte 4

For English version click here

 

O dia 14 de março de 2020 assinala, pela primeira vez, o Dia Internacional da Matemática. A iniciativa foi declarada pela UNESCO e será celebrada à escala global apelando à criatividade e tendo como base comum que “a matemática está em toda a parte”. O Portal do Astrónomo aproveita também para convidar @s noss@s leitor@s a celebrarem a matemática, seguindo o Tema do Mês ao longo de março.

Celebrar a Matemática – idm314.org
Autora: Joana Latas
Joana Latas.

Joana é professora de Matemática com experiência na Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Portugal, ao nível do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, Ensino Secundário e Ensino Superior. Nos últimos anos coordenou projetos Educação e Divulgação Científica enquanto membro do Núcleo Interactivo de Astronomia (NUCLIO) e, de momento, está a realizar investigação como bolseira da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), no âmbito do doutoramento em História das Ciências e Educação Científica na Universidade de Coimbra. Internacionalmente, participa em redes colaborativas nas áreas da (Educação) Matemática e Astronomia para o Desenvolvimento. Recentemente coordenou a organização Eddington@Sundy: 100 anos depoisno âmbito do qual foi conceptualizado e desenvolvido o Espaço Ciência Sundy, na Roça Sundy, na ilha do Príncipe, alusivo às observações do eclipse solar de 1919 que aí tiveram lugar.

 

Celebrar a Matemática – Parte 1

O dia 14 de março já é uma data conhecida daqueles que mais próximos estão da Matemática, da Física e da Ciência de uma forma geral. Afinal, desde há 141 anos que esta data assinala o nascimento de Albert Einstein. Além disso, esta data tem também a particularidade de ser o 14º dia do 3º mês do ano. Afinal a escrita desta data no formato americano é 3/14. 3,14 é também uma aproximação a duas casas decimais do famoso número irracional pi, o que faz com neste dia também seja celebrado, pelo trigésimo segundo ano, como o Dia do Pi. A União Internacional de Matemática, com o apoio de organizações nacionais e internacionais, liderou a proposta de tornar este dia ainda mais especial celebrando-o como Dia Internacional da Matemática.

A 26 de novembro de 2019 a 40ª Assembleia Geral da UNESCO declara o dia 14 de março como o Dia internacional da Matemática. E eis que se expandem as celebrações do dia do pi para celebrar a matemática em todo o seu esplendor.

Assim, 2020 é o primeiro ano em que temos a celebração do Dia da Matemática e o mote é a matemática está em toda a parte. O tema é abrangente e suficientemente amplo, o difícil será encontrar algo que não tenha ligação a este tema. O despertar para os modelos e para os padrões matemáticos que descrevem a realidade enquanto ferramentas matemáticas, bem como a consciencialização de que essa mesma realidade inspira a construção de estruturas matemáticas levantando um pouco do véu do potencial de tornar explícita a matemática invisível.

Matemática e Natureza – idm314.org.

Esta será, pois, uma oportunidade para apurar a sensibilidade e treinar a nossa intuição ao olharmos para o mundo que nos rodeia, para identificar na Natureza relações com Matemática, mas também para olhar a intervenção da ação humana na realidade. Não sendo este um caminho inédito bastará, por isso, inspirarmo-nos naquilo que outrora foi experimentado e fazer novas ou as mesmas leituras. Revisitar a exposição “Matemática e Natureza”, da Associação de Professores de Matemática, com painéis expositivos e materiais manipuláveis poderá ser uma boa sugestão. Mapas, nós, organização de laranjas, pigmentação da pele de animais ou fractais na natureza e economia são oportunidades para tornar (ainda mais) visível a matemática (muitas vezes) oculta.

 

Fibonacci em todo o lado – PLATON.

Continuando a contemplar o meio envolvente, mas associando-o também à Arte podemos retomar uma atividade promovida no âmbito do projeto PLATON, Fibonacci em todo o lado que desafia professores e alunos, numa abordagem interdisciplinar e seguindo a metodologia de inquiry, a descobrirem como Fibonacci está presente na natureza.

 

Análise de epidemias – idm314.org

Passando para o assunto mais mediático da nossa atualidade, num momento em que o mundo assiste à propagação de uma epidemia global com o surgimento diário de novos casos de pessoas infetadas com o COVID-19, a análise matemática de uma epidemia prevê que a mesma desapareça por si própria quando, em média, cada pessoa em fase de contágio, infetar menos do que 1 indivíduo. Esta leitura acerca da propagação de epidemias pode ser útil na definição de estratégias de controlo, desde que, claro, sejam conhecidos os fatores de propagação.

 

Este é apenas um entre os 33 exemplos sugeridos na página everywhere do website oficial – idm314.org – que oferece um leque de sugestões disponíveis em diferentes línguas, incluindo o português!

Os convites para celebrar a matemática em todas as suas formas são diversos e estimulantes. No momento em que este texto está a ser escrito, as iniciativas registadas em território nacional ultrapassaram uma centena, sendo Portugal, o país com mais atividades registadas no site oficial. Entre dezenas de escolas ou instituições do ensino superior, Museus de Ciência ou um pouco pela rede de Centros de Ciência Viva, as oficinas, os jogos, os trilhos, as exposições ou palestras são apenas alguns dos formatos disponíveis. Ainda está bem a tempo de participar na programação do Dia Internacional da Matemática.

Para a semana, já mesmo na contagem decrescente para o Dia da Matemática, traremos outras propostas. Continue atent@!

Por agora deixamos alguns links de instituições portuguesas que oferecem programação enquadrada no Dia Internacional da Matemática:

Academia das Ciências

Associação de Professores de Matemática

Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra

Instituto Politécnico de Leiria

Instituto Politécnico de Santarém

Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Museu da Ciência da Universidade de Coimbra

Pavilhão do conhecimento – Ciência Viva

Joana Latas agradece à Fundação para a Ciência e Tecnologia pelo apoio financeiro através da bolsa de doutoramento (SFRH/BD/149645/2019).

 

 

ENGLISH VERSION

This theme has four parts

Part 1 – Part 2Part 3 – Part 4

 

Celebrating Mathematics

For the first time ever, the International Day of Mathematics will be celebrated on the 14th of March 2020. This was a decision of UNESCO, and will be observed globally, with an appeal to creativity and a common motto: “mathematics is everywhere”. With this idea in mind, Portal do Astrónomo takes this opportunity to invite our readers to a celebration of mathematics, following the Theme of the Month throughout March.

Celebrating Mathematics – idm314.org
Author: Joana Latas
Joana Latas.

Joana is a Math’s teacher with extensive experience in Guinea Bissau, S.Tome and Principe and Portugal, at various levels, from basic through secondary and up to university education. In the last couple of years, as a member of NUCLIO, she has coordinated Education and Outreach projects. At the moment, she is doing research for a PhD in History of Science and Scientific Education at the University of Coimbra, with a grant from FCT (the Portuguese Foundation for Science and Technology). She is also active in international networks in the areas of Mathematical Education and Astronomy for Development. Recently she coordinated the Eddington@Sundy: 100 years later project, in which the Sundy Science Space was created and developed at Sundy Plantation, on the isle of Principe, to remember the eclipse observations that took place there in 1919.

 

Celebrating Mathematics – Part 1

For those that are involved with mathematics, physics and general science, March 14th is already a very well-known date. After all, for 141 years it has marked the birthdate of Albert Einstein. Furthermore, it is the 14th day of the third month of the year. In the American notation, this reads as 3.14. Which is, of course, the way to write down the famous irrational number, pi, with two decimal places – the reason why this day has also been celebrated as Pi Day in the last 32 years. The International Mathematical Union, with the support of a number of national and international organisations, led the proposal to make this day even more special, celebrating it as the International Day of Mathematics.

Thus, on 26 November 2019, the 40th General Assembly of UNESCO declared March 14 as the International Day of Mathematics. And so, the Pi Day festivities were expanded to allow for a celebration of Mathematics in all its splendour.

Consequently, 2020 is the first year in which we celebrate a Day of Mathematics, with the motto mathematics is everywhere. The theme is encompassing, and wide enough that it makes the task of finding something not connected with it really hard. Awakening to models and mathematical patterns that describe reality as mathematical tools, while becoming aware that reality inspires the creation of mathematical structures, helps in lifting a small part of the veil to make explicit the invisible mathematics.

Mathematics and Nature – idm314.org.

This will then be an opportunity to sharpen our sensibilities and train our intuition, as we look at the world around us and try to identify the connections between Nature and mathematics, while at the same time become aware of the intervention of human action in reality. This is hardly a new path, so we should begin by seeking inspiration in what has already been tried, and revisiting it, in order to renew our readings. For instance, a return to the exhibition Matemática e Natureza (Mathematics and Nature), from the (Portuguese) Association of Mathematics Teachers, which includes panels and materials that can be handled, is a good suggestion. Maps, knots, piled oranges, pigmentations on the skin of animals or fractals in nature and in economy, all offer opportunities to make the (often) hidden mathematics (even more) visible.

 

Fibonacci everywhere – PLATON.

While we contemplate the environment, we should not forget the arts – we can use an activity promoted in the context of the PLATON project, Fibonacci everywhere, that challenges teachers and students to discover the presence of the Fibonacci sequence in Nature, using an interdiciplinary approach and an inquiry methodology.

 

Analysis of an epidemics – idm314.

Looking at the subject most present in the media today, at a moment when the world witnesses the propagation of a global epidemic, with the daily announcement of many new cases of infection by COVID-19, the mathematical analysis of an epidemic predicts that it will vanish by itself when, on average, each person in the contagion phase will infect less than one other person. This mathematical approach to the propagation of an epidemic can be very useful when defining control strategies, as long as all propagation factors are known.

 

This is just one amidst the 33 examples suggested in the everywhere page of the official website – idm314.org – that offers a wide range of possibilities available in different languages.

Invitations to celebrate mathematics in all its shapes and forms are varied and stimulating. At the time of writing, there are more than one hundred registered initiatives in Portugal, making the country the one with more registered activities in the official site. Among dozens of schools or higher education institutions, Science Museums or Ciência Viva Centres, there are workshops, games, trails, exhibitions or public talks, and even more formats. There are plenty of opportunities and time to participate in the programme for the International Day of Mathematics.

Next week, on the final days of the countdown for the Day of Mathematics, we will bring you other proposals. Stay tuned!

For now, we leave you with some links to Portuguese institutions that offer activities within the programme of the International Day of Mathematics:

Academia das Ciências  Academy of the Sciences (Portuguese)

Associação de Professores de Matemática Association of Mathematics Teachers

Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra Mathematics Department of the University of Coimbra

Instituto Politécnico de Leiria Polytechnic Institute of Leiria

Instituto Politécnico de Santarém Polytechnic Institute of Santarém

Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa Faculty of Sciences and Technology of the New University of Lisbon

Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Faculty of Sciences of the University of Lisbon

Museu da Ciência da Universidade de Coimbra Science Museum of the University of Coimbra

Pavilhão do conhecimento – Ciência Viva Pavilion of Knowledge – Ciência Viva

Joana Latas acknowledges Fundação para a Ciência e Tecnologia for financial support through the PhD scholarship SFRH/BD/149645/2019.

Classificação dos leitores
[Total: 1 Média: 5]