Destaques

Sonificação de dados: Os sons da Via Láctea

  Sonificação de dados: Os sons da Via Láctea O centro da nossa Galáxia está demasiado longe para que possamos visitá-lo, mas podemos explorá-lo, mesmo à distância. Os telescópios permitem-nos ver como é o Centro Galáctico em diferentes tipos de luz. Ao traduzir em imagens os dados digitais obtidos pelos…
Continue a ler »
Destaques

Astrónomos detetam possível planeta intacto a orbitar uma anã branca

  Astrónomos detetam possível planeta intacto a orbitar uma anã branca Uma equipa internacional de astrónomos descobriu aquele que pode ser o primeiro planeta intacto a orbitar uma anã branca - o que sobrou de uma estrela semelhante ao Sol. A descoberta foi feita graças ao TESS (Transiting Exoplanet Survey…
Continue a ler »
Destaques

Vida em Vénus?

Tanto astrónomos como público em geral anseiam por saber se há vida algures no Universo, para além da Terra. Foi agora anunciada uma importante descoberta que sugere que podem existir sinais de vida num vizinho próximo do nosso planeta. Uma molécula especial Uma equipa internacional de astrónomos anunciou a descoberta…
Continue a ler »
Destaques

Halo gigante explica finalmente a corrente de gás em torno da Via Láctea

  Halo gigante explica finalmente a corrente de gás em torno da Via Láctea A Via Láctea não está sozinha. Capturou para a sua órbita galáxias mais pequenas, sendo as mais importantes a Grande e a Pequena Nuvens de Magalhães, que se podem observar como manchas de poeira no céu…
Continue a ler »
Destaques

LIGO e Virgo detetaram a mais massiva fonte de ondas gravitacionais até agora descoberta

  LIGO e Virgo detetaram a mais massiva fonte de ondas gravitacionais até agora descoberta Apesar da vastidão do vazio, o Universo vibra em atividade na forma de ondas gravitacionais. Estas reverberações, produzidas por fenómenos astrofísicos extremos, ondulam e agitam o tecido do espaço-tempo. Os investigadores detetaram um sinal proveniente…
Continue a ler »
Destaques

Torto, mas maravilhoso

Imaginem um prato de dimensões gigantescas, onde coubesse todo o nosso Sistema Solar. Quase todos os planetas estariam em contacto com a superfície do prato, porque o nosso sistema planetário é achatado. Mas este não é sempre o caso, porque alguns sistemas no Universo estão inclinados! Uma violenta sucessão de…
Continue a ler »